dicionário

Breve dicionário mito-labirintiano.

 


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



A

Absolum - Nome por que era conhecido o labirinto de Cnosso.

alquimia - Conhecida por ars magna, com a suas duas vias (real e sacerdotal), a alquimia é a ciência hermética da transcendência do Homem - a integração do que existe de animal no ser humano, e a consequente transmutação em faculdades divinas, se assim se pode dizer. Em alquimia o labirinto representa as dificuldades e as provações que o adepto tem de passar até atingir a perfeição - a pedra filosofal.

O labirinto das catedrais, ou labirinto de Salomão, é, diz-nos Marcelin Berthelot, "uma figura cabalística que se encontra no começo de certos manuscritos alquímicos e que faz parte das tradições mágicas atribuídas ao nome de Salomão".

O labirinto simboliza em alquimia as dificuldades e as provas do caminho sinuoso que o adepto tem de superar até chegar ao centro de si mesmo.

Apolodoro - Gramático grego do séc. II a. C. Escreveu um tratado mitográfico, Biblioteca Mitológica, onde descreve os mitos gregos (com as suas variantes), e, portanto, uma obra importante para o estudo do tema.

apotropaico - Que é suposto ter propriedades para afastar o mal; é uma das muitas funções que o labirinto pode desempenhar. Exemplo disso são os labirintos romanos colocados à entrada das casas e os labirintos indianos desenhados nas escadas de entrada das suas habitações - para evitar que os espíritos aí penetrassem -, bem como as descrições de amuletos encontradas em textos tântricos.
O etnólogo L. W. Hildebugh refere-se ao labirinto como "um dos símbolos apotropaicos mais antigos".

Argo - Barco dos argonautas.

argonauta - Cada um dos personagens que acompanharam Jasão na expedição que fez à Cólquida, na demanda do Velo de Ouro. Contam-se entre eles Hércules e Teseu.

Argos - Costrutor da nau Argo.

Ariana - Filha de Minos, rei de Creta, e de Pasífae, filha de Zeus. Aquando da ida de Teseu a casa do rei Minos, sua filha enamorou-se pelo herói e entregou-lhe uma espada e um novelo de fio graças ao qual ele conseguiu escapar do labirinto depois de matar o Minotauro. O m. q. Ariadna e Ariadne.

Ariadna - O m. q. Ariana.

Ariadne - O m. q. Ariana.

arquétipo - 1. Segundo Platão, padrão ou forma ideal a que se adaptam todas as coisas de um determinado tipo.

2. Para a psicologia analítica (Jung, via gregos), forma inconsciente, pré-existente na psique, que, não obstante, nunca se pode expressar pessoal ou colectivamente sob formas condicionadas pelo tempo.
Ver símbolo, simbologia e simbolismo.

Artress, Lauren (19??-) - Psicoterapeuta e pastora da Grace Cathedral de Los Angeles, é a fundadora e directora do projecto Veriditas.

Astério - 1. Rei cretense que teria casado com Europa.
2. Nome por que também é conhecido o Minotauro.

Atenas - Cidade natal de Teseu que tinha por obrigação pagar um tributo a Minos, rei de Creta.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



B

bandeira - Ver vela.

bipene - Ver labrys.

Baco - Ver Dioniso.

barco - Existe um famoso desenho em forma de labirinto, da autoria de Francesco Segala.
Ver navio.

Borges, Jorge Luis (1899-1986) - Escritor argentino, apaixonado pelo simbolismo do labirinto.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



C

Caerdroia - 1. A cidade de Tróia em escocês antigo.
2
. Revista anual sobre o estudo de dédalos e labirintos que publica descobertas, notícias e teorias sobre essa temática. É uma fonte de referência obrigatória na investigação do tema.

Candolini, Gernot (1959-) - Construtor de labirintos, biólogo e fotógrafo austríaco, Gernot Candolini é um dos maiores especialistas em labirintologia a nível mundial. Editou até ao momento três livros sobre a temática, sendo um deles, Das Geheimnisvolle Labyrinth, muito importante para a história do Labirinto, já que revela aí muitos exemplares nunca citados antes. Um dos seus trabalhos mais conhecidos foi a reconstrução do famoso labirinto do Palácio de Schönbrunn de Viena. Vive em Innsbruck, na Áustria.

centro - O objectivo a atingir. Seja o Minotauro (morto por Teseu na lenda grega), seja a mulher (como triunfo dos concursos entre jovens no séc. XVIII), o centro é o fim último a atingir pelo viandante na sua caminhada...
Ver céu e Jerusalém.

céu - Nome que, juntamente com Jerusalém, se dava ao centro do labirinto em França durante a Idade Média.

Chartres - Cidade francesa cuja catedral possui um labirinto do séc. XIII, utilizado como matriz de inspiração do projecto que Laura Artress implantou na sua igreja nos Estados Unidos, e que está a ser implantado em muitos outros locais do mundo.

circunvolução - O m. q. sinuosidade.

clássico - O m. q. cretense.

Cnosso(s) - Cidade da Ilha de Creta onde, segundo a lenda, teria sido construído um labirinto para albergar o Minotauro - fruto do amor ilícito de Pasífae, mulher do rei Minos, com um touro branco.

Cólquida - Local onde se encontrava o famoso Velo de Ouro.

Conimbriga - Oppidum romano que possui três labirintos representados em pavimentos de mosaicos. Um dos exemplares é raro, pois trata-se do desenho de um labirinto clássico (tipo cretense),só encontrado aqui e em Nîmes, França.

Creta - Ilha grega situada no Mar Egeu.

cretense - Diz-se de um tipo de labirinto, também chamado clássico, composto geralmente por sete voltas em círculo.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



D

dança - Sabe-se que alguns labirintos de catedrais foram palco de jogos e danças simbólicas. Segundo Carl Kerényi, todos os estudos sobre o labirinto deveriam partir do estudo da dança.
Ver geranos.

dedálico - o m. q. labiríntico.

Dédalo - 1. Engenheiro e artífice ateniense a quem são atribuídas muitas descobertas e proezas. Dédalo foi o construtor encarregue pelo rei Minos para edificar o labirinto onde o rei encarcerou o seu lado menos "visível" - o Minotauro.

2. (dédalo) Labirinto multicursivo (com várias entradas e saídas). Ver labirinto.

dedalogia - Ciência que trata do estudo do labirinto. O m. q. labirintologia.

Delos - A menor das ilhas Cíclades, onde Teseu e os companheiros realizaram a dança das gruas (geranos). Esta dança foi aqui perpetuada até tempos bem recentes.

Dioniso - Deus grego do vinho e da vinha. Casou com Ariana, depois desta ter sido abandonada em Naxos por Teseu.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



E

Egeu - Conta a lenda que quando o barco onde Teseu e os companheiros seguiam partiu para Creta, levava hasteada uma bandeira preta e que Egeu dera a seu filho uma bandeira de cor branca que ele devia içar quando voltasse, caso tivesse saído vencedor da luta com o Minotauro. Como Teseu se esqueceu de içá-la, Egeu ao ver a bandeira no mastro, que permanecia a mesma, atirou-se ao mar da falésia onde ansiosamente esperava o regresso do filho. Foi a partir de então que esse mar se passou a chamar Mar Egeu.

Eneias - Herói da Guerra deTróia e pai de Iulus.

Eneida - Obra de Virgílio onde é descrita, no Canto V, a errância de Eneias depois da queda de Tróia.

entrada - Local por onde se entra e se sai de um labirinto. Contrariamente a dédalo, que pode possuir várias entradas (e várias saídas), o labirinto possui apenas uma entrada/saída. Sítio onde Teseu deixou preso o fio que Ariana lhe entregara.

espada - 1. A espada e as sandálias do rei Minos eram os objectos que Teseu devia levar, como sinal de reconhecimento, quando fosse ter com seu pai.

2. Arma que Ariana teria dado a Teseu e com a qual ele terá morto o Minotauro

espiral - Segundo Lima de Freitas «a espiral constitui o paradigma do labirinto unicursivo (de via única)». É também designada por proto-labirinto.

Etrúria - Antiga região de Itália, célebre pela sua cultura intelectual.

Europa - 1. Filha de Agenor, rei de Tiro, na Fenícia, que teria sido raptada por um touro branco (Zeus disfarçado) e do qual conceberia quatro filhos, entre os quais o famoso Minos - futuro rei de Creta. Depois de satisfeito com a nova raça divina que criara Zeus abandonou-a, tendo esta vindo a casar depois com Astério, que lhe adoptou os filhos e deixou, depois da sua morte, o trono a Minos.

2. O labirinto da Europa vai crescendo, à medida que esta se vai alargando a outros países.

Evans, Arthur (1851-1941) - Arqueólogo que prodedeu às escavações do palácio de Cnosso, em 1902.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



F

Fedra - Irmã de Ariana. Teseu, depois de ter abandonado ingratamente quem o havia ajudado a sair do labirinto, casou com Fedra, de quem viria a ter um filho.

Fereclo - Piloto do barco que levou Teseu e os seus companheiros para Creta.

Fisher, Adrian () - Autor e criador de labirintos inglês chamado o "Dédalo Moderno". É autor de vários livros sobre a temática e a sua criação "no terreno" estende-se por cerca de 17 países com quase duas centenas de labirintos, alguns dos quais são recordes do Guiness Book.

Freitas, Lima de (1927-1998) - Pintor e ensaísta português que escreveu um livro e vários ensaios sobre o labirinto e as geometrias labirínticas.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



G

geranos - A dança das gruas. Foi praticada por Teseu e Ariana em Delos depois dele ter escapado do labirinto de Cnosso com a ajuda de um fio que Ariana lhe teria dado.

graffiti - Representação gráfica do labirinto feita em placas de argila. Ver petróglifo.

grua - A dança das gruas (ou dos grous) retira o seu nome dos movimentos do voo dessas aves ou dos adornos que os participantes envergavam.

gruta - Local subterrâneo escavado na rocha. Está associada ao simbolismo do labirinto.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



H

Hefesto - Artífice e ferreiro, filho de Zeus e Hera. Teria gravado no escudo de Aquiles a representação de uma dança.

Helena - Filha de Leda, a mulher de Tíndaro, rei de Esparta, e Zeus, que, transformado em cisne, se teria unido a ela no mesmo dia que Tíndaro.
Teseu e o seu amigo Pirítoo raptaram-na sendo ela ainda criança e levaram-na para a cidade de Tégea, na Arcádia. Aí, sortearam-na tendo calhado a Teseu; este, suspeitando que os espartanos não veriam com bons olhos o desafio, levou-a em segredo para a aldeia de Afidnas, confiando-a a um amigo seu e fazendo que fosse a sua própria mãe, Etra, a tomar conta dela.
Teseu e Pirítoo tinham firmado um acordo segundo o qual, aquele dos dois que ficasse com Helena, teria que ajudar o outro a casar-se com outra filha de Zeus. Depois de consultarem o oráculo, este anunciou-lhes que teriam que descer aos Infernos à procura de Perséfone. Enquanto os dois amigos se dirigiam às regiões inferiores, os Dioscuros, irmãos de Helena, atacaram o local onde estava a irmã, tendo-a recuperado e levado consigo Etra como escrava pessoal de Helena.
Segundo a versão mais aceite Helena não se teria unido a Teseu, existindo também outra segundo a qual, ao chegar a Esparta, teria dado à luz em segredo uma menina, Ifigénia, que teria sido criada por Clitmnestra, a irmã de Helena, como se fosse sua filha.

Hera - Esposa de Zeus.

Héracles - Herói grego que terá visitado a casa de Teseu quando este era ainda uma criança. Conta-se que os amigos de Teseu ao verem a famosa pele do leão de Nemeia, que Hércules trazia sempre consigo, fugiram a sete pés, tendo permanecido na sala unicamente o herói atenienese que logo ripou de uma espada e enfrentou o "leão".
Foi um dos argonautas.

Identificado com Hércules na mitologia latina.

Hércules - O Héracles dos gregos.

Heródoto (490/80-429/5 a. C.) - Historiador grego, foi o primeiro prosador e é considerado o «pai da História». No seu livro «História» faz a descrição do labirinto egípcio, que diz ter visto aquando da sua visita à região do lago Méris.

Hopi - Tribo de índios norte-americanos da nação Pueblo, que denominam o labirinto por tápuate.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



I

Ícaro - Filho de Dédalo. Foi encarcerado no labirinto juntamente com seu pai. Dédalo ao ver-se aprisionado, construiu para si e para seu filho umas asas. Colou-as ao corpo com cera e levantaram voo para escaparem da prisão. Dédalo, contudo, avisou o filho que não devia voar nem muito baixo em muito alto, pois se o fizesse estava sujeito a arriscar a vida. Mas Ícaro, que não ouvia ninguém, quis voar tão alto que quando se aproximou do Sol viu derretida a cera que segurava as asas ao corpo e, mercê disso, caiu no mar, onde acabou por morrer.

Ílhavo - Cidade do Centro de Portugal onde existe um labirinto feito de milho e girassóis.

Iulus - Filho de Eneias que, segundo Virgílio, teria tomado parte num jogo chamado Troja.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



J

Jasão - Comandante do navio Argo.

Jerusalém - 1. Na época das catedrais chamava-se ao centro do labirinto céu e Jerusalém - pois não simulariam as voltas de joelhos dadas pelos fiéis no labirinto a peregrinação à Terra Santa?

2. (Caminho de ~) - Em França, na Idade Média, o labirinto era conhecido por Caminho de Jerusalém (Chemin de Jérusalem), dédalo (daedale) e meandro (meandre).

Jung, Carl Gustav (1875-1961) - Amigo de Carl Kerényi, prefaciou alguns livros deste labirintólogo. É tido como o mais mitológico dos psicólogos.
Ver arquétipo.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



K

Kerényi, Carl (Károly Kerényi) (1897-1973) - Antropólogo e mitólogo húngaro que publicou uma obra sobre o estudo do labirinto intitulada Labyrinth-Studien, e que é uma peça fundamental para a investigação em labirintologia.
A sua influência em C. G. Jung e James Hillman faz dele um dos pais da psicologia arquetípica. Foi chamado o mais psicológico dos mitólogos.

Kern, Hermann (1941-1985) - Historiador de arte e advogado alemão.
A enorme exposição, dedicada ao tema, que realizou em Itália em 1981, juntamente com a publicação do livro Labyrinthe: Erscheinungs-formen und Deutungen: 5000 Jahren Gegenwart eines Urbildes, em 1982, fez dele um dos maiores especialistas de sempre da labirintologia.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



L

labirintiano - 1. Que diz respeito ao Labirinto.
2. Que se interessa pelo tema do Labirinto numa ou em várias vertentes do seu estudo.

labiríntico - Inextricável, emaranhado, sinuoso, enredado, intrincado.

labirintista - Aquele que percorre um labirinto.

labirinto - 1. C. Schuster demonstrou que o labirinto é um motivo «que fez a sua primeira aparição em petróglifos europeus do séc. II a. C. e daí se espalhou aparentemente para oriente, através do Cáucaso e da Índia até à Indonésia e, sob formas decaídas [da sua representação gráfica], ainda mais longe, até à Nova Guiné, à Melanésia e até mesmo à Polinésia, voltando a ocorrer de novo, na sua forma verdadeira e própria, entre os índios modernos do Sudoeste dos Estados Unidos e do Novo México, como também, em pelo menos, uma tribo moderna de índios da América do Sul - os Caduveo de Mato Grosso, no Brasil».

2. Palavra com significados diversos. Aqui apenas nos interessa defini-la tecnicamente. Assim, labirinto (contrariamente a dédalo), é uma representação gráfica, um objecto e/ou uma construção em que existe apenas uma entrada (que é ao mesmo tempo a saída).
Embora isto seja tecnicamente correcto, também se emprega o termo dédalo para designar um labirinto.

3. (Labirinto) Nome de um filme interpretado pelo músico norte-americano David Bowie, de uma ópera e de muitas outras manifestações artístico-culturais.

Ver dédalo.

labirintologia - O estudo do labirinto nos seus vários aspectos: mitológico, etimológico, simbólico, etc. O m. q. dedalogia.

labirintólogo - Aquele que se dedica ao estudo do labirinto.

labrys - Nome por que é conhecida a acha dupla, ou bipene, encontrada no palácio de Cnosso. Pensa-se que a palavra labirinto provenha daí.
O m. q. bipene.

labrysbipenne - Ver labrys.

Lissabon - Um dos vários nomes por que são conhecidos os labirintos na Finlândia.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



M

meandro - O m. q. sinuosidade.

Medeia - 1. Feiticeira que, sabendo quem era Teseu, quando este se apresentou no palácio de seu pai, preparou um copo de veneno para que Egeu o desse ao estrangeiro. Esta tentativa foi gorada, pois quando o herói se preparava para ingerir o veneno, ao poisar a espada, Egeu logo a reconheceu e viu que estava perante o seu próprio filho.

2. Com um canto suave terá encantado os ouvidos do dragão que guardava o Velo de Ouro, ao mesmo tempo que lhe atirava aos olhos uma poção mágica, o que lhe provocou o sono, deixando assim o caminho livre a Jasão.

Méris - Lago construído junto ao labirinto egípcio que Heródoto diz ser ainda mais admirável do que o próprio labirinto.

Minos - Rei de Creta, pai de Ariana e Fedra, e esposo de Pasífae. Mandou construir a Dédalo o labirinto de Creta, para aí encerrar o Minotauro.

Minotauro - Monstro com cabeça de touro e corpo de homem. Este monstro saído do concubinato de Pasifae com um touro branco (que devia ser sacrificado a Posídon), era alimentado pelo tributo que o rei de Atenas (devido à derrota que sofrera frente a Minos) tinha que enviar ao seu homólogo cretense todos os oito anos: sete mancebos e sete donzelas. Foi morto por Teseu.

mosaico - O símbolo do labirinto foi largamente usado e adaptado pelos romanos; a sua forma geométrica era uma tema popular na decoração dos seus pavimentos de mosaicos - como o prova os mais de sessenta exemplos conhecidos. Encontram-se por todo o império romano, da Inglaterra a Portugal e no norte de África. Os desenhos deste período são diferentes do labirinto clássico (exceptuando um dos labirintos de Conimbriga e de Nîmes, França). Os labirintos que possuíam dimensões para serem percorridos a cavalo (desenhados no solo e conhecidos por Lusus Trojae), eram usados como teste de habilidade; os outros, de menores dimensões, eram apenas utilizados como exercício de contemplação.

multicursivo - Diz-se dos dédalos que possuem várias entradas e vários caminhos possíveis para se encontrar a(s) saída(s). Ver unicursivo.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



N

nau - Ver Argo.

navio - Meio pelo qual eram transportados os jovens atenienses até Creta; foi também de barco que Hércules e Teseu, sob o comando de Jasão, viajaram até à Cólquida.

Naxos - Ilha grega onde Teseu teria abandonado Ariana quando esta dormia. Mais tarde terá sido encontrada por Dioniso, com quem veio a casar.

Nery, Eduardo (1938-) - Artista plástico português multifacetado (pintura, gravura, design, tapeçaria, vitral, fotografia, etc.) que mais utilizou o tema do labirinto, não apenas na sua obra gráfica, mas também na decoração de edifícios.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



O

óbele - Moeda grega de ouro onde se pode ver numa das faces a representação do labirinto de Cnosso.

ônfalo (umbigo) - O labirinto tem sido usado frequentemente como símbolo do ônfalo, o centro sagrado da cidade e do mundo: nos labirintos romanos de mosaicos, cercados de muros fortificados, protegendo o centro do labirinto e as cidades do império romano; simbolizando o caminho que leva ao cimo de Baboquivari, a montanha sagrada do Arizona; como desenho pintado do limiar, na Índia, conhecido por kolam, o forte; na Europa os antigos labirintos são conhecidos como a Cidade de Tróia, ou Muros de Tróia, a cidade lendária do antigo mundo pagão - ou Jerusalém no contexto cristão tardio.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



P

Pasífae - Mulher de Minos, rei de Creta. Pasífae ter-se-ia apaixonado por um touro branco e mandou construir a Dédalo uma vaca oca de madeira para poder levar avante os seus intentos... Depois de copular com o animal, deu à luz um monstro que Minos, envergonhado por ter saído de sua mulher, mandou encarcerar dentro de um labirinto.

pedra - Material usado na construção dos muros de alguns labirintos. Conhecem-se mais de 500 exemplos na Escandinávia, Islândia, Rússia, nos países bálticos, na Índia, no Arizona e nas ilhas Britânicas.

pelota - Jogo outrora praticado na Páscoa sobre o labirinto do pavimento da catedral de Auxerre, França.

peregrinação - Embora não esteja completamente esclarecido, tem-se por certo que os labirintos das catedrais eram percorridos como forma de substituição de longas peregrinações depois de amainar o entusiasmo das Cruzadas.

petróglifo - Representação gráfica do labirinto feita em pedras e rochas. Conjuntamente com os graffiti são os motivos mais antigos que existem deste símbolo.

Pompeia - Existe num dos pilares duma casa desta cidade italiana destruída pela erupção do Vesúvio em 79 d. C., a seguinte inscrição: Labyrinthus hic habitat Minotaurus - o labirinto, aqui mora o Minotauro - provavelmente uma referência à disposição do então ocupante da casa!

Posídon - Deus grego dos mares. Teria sido o pai divino de Teseu e de Helena.

proto-labirinto - A espiral terá sido, segundo alguns autores, a "matriz" das representações gráficas do labirinto.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



Q

 


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



R

redenção - Na cristandade, o desenho do labirinto simboliza claramente o caminho tortuoso que o bom cristão seguia em direcção à salvação eterna.
Ainda que noutros contextos, o labirinto é hoje usado como uma espécie de caminhada para o interior - i. e., a introspecção pessoal e a possível transcendência da causa que lhe deu origem.

ritual - Ainda no início do séc. XX era comum, entre alguns povos pescadores, caminharem em labirintos antes de se fazerem ao mar, de modo a assegurarem boas pescarias e atraírem ventos favoráveis - os ventos nefastos seriam retidos nos anéis dos circuitos do labirinto.

Na Finlândia, os caçadores e os pastores lapões percorreriam o labirinto de modo a protegerem-se dos lobos e carcajus, e a apanharem nas armadilhas os duendes e outros espíritos maus, que os teriam seguido até aí, mas que depois não conseguiriam encontrar o caminho para sair do centro do labirinto.

Existem vários labirintos, encontrados no cimo de algumas montanhas, associados a antigas necrópoles que datam da Idade do Bronze. Estavam possivelmente relacionados com práticas pagãs, onde o labirinto era visto como a morada dos espíritos dos antepassados.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



S

saída - Lugar por onde se entra e se sai sempre de um labirinto.

Saward, Jeff (19??-) - Director da revista Caerdroia. Um dos maiores especialistas actuais em labirintologia.

Segala, Francesco (Séc. XV) - Arquitecto italiano que desenhou vários labirintos em forma de navio, delfins, caranguejos, cães, etc.

simbolismo - O labirinto é um símbolo riquíssimo de significações. Seja como utensílio apotropaico, seja como local de práticas rituais, ou ainda como lugar de lazer ou símbolo religioso e espiritual, o labirinto está revestido de uma simbolismo múltiplo que se encontra espalhado por todo o planeta.

símbolo - Algumas das significações simbólicas do arquétipo do labirinto : mundo; imortalidade; totalidade; mistérios da vida e da morte; fuga ao samsara e às leis do karma; retorno ao Centro; a duração da vida, das dificuldades e ilusões do mundo até ao centro como iluminação ou céu; floresta encantada; provação da alma; dificuldade; destino, etc., etc.

simbologia - O labirinto é um símbolo complexo que pode ser apresentado sob várias formas: dança, construção, antro, jardim, graffiti, etc.

sinuosidade - Cada uma das circunvalações que formam um labirinto.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



T

Tápuate (Mãe e Filho) - Nome por que é conhecido o labirinto entre os índios Hopi, que o representam sob duas formas (circular e quadrangular).
É tido também como um plano de limites concêntricos das suas terras tradicionais, que possuem santuários secretos escondidos em pontos-chave ao longo dos seus circuitos.

Taurus - 1. Comandante da armada de Minos morto por Teseu durante uma batalha naval.

Tagliatela - Cidade italiana onde foi encontrado um jarro de vinho (oinochoë) etrusco com o motivo do labirinto. Está datado como sendo do VII a. C. e mostra soldados armados a cavalo com a palavra Truia (Tróia) inscrita no circuito de fora.

Teseu - Herói grego, filho de Egeu e Etra. Quando pequeno, seu pai colocou debaixo de uma pedra uma espada e umas sandálias e disse a sua mulher que, quando o jovem estivesse pronto para ir ter com ele, que o levasse à rocha e o mandasse deslocá-la e apoderar-se dos objectos que escondia. Chegada a altura que a mãe julgou propícia, lá levou o jovem à prova. Ele saiu-se bem e, disposto a fazer-se ao caminho, foi, contudo, avisado por seu avô dos perigos que corria e que o melhor era fazer a viagem por mar. Mas o jovem não o escutou e resolveu ir por terra. Depois de muitas aventuras pelo caminho chegou a Creta, e com a ajuda de um novelo de fio que Ariana (que entretanto se apaixonara por ele) lhe dera, penetrou no labirinto e matou o Minotauro. (Para mais pormenores do mito veja a secção Mitologia).
Foi um dos argonautas.

topiaria - Arte de cortar arbustos e arranjar jardins dando às plantas configurações diversas. Os labirintos de relva e os de sebe requerem topiários e jardineiros destros nesta arte.

tosão - O m. q. velo.

touro - Zeus, disfarçado de touro, copulou com Europa. Deste concubinato saiu Minos, o homem de Pasífae, e esta, também enamorada por um touro, com ele acasalou e deu lugar a um monstro - o Minotauro.

tributo - O tributo que era devido ao rei de Creta pelo rei de Atenas era o de nove em nove anos lhe enviar sete mancebos e sete donzelas, para serem devorados pelo Minotauro.

Tróia - Cidade onde, segundo Virgílio, Iulus, filho de Eneias, teria, com os seus companheiros, entrado num jogo chamado Ludus Trojae, ou Lusus Trojae - o Jogo de Tróia.
A relação deste jogo/dança com o labirinto (segundo H. M. Matthews) vem descrita num manuscrito existente no British Museum. Esse manuscrito, do séc. XV, da autoria de um francês, intitula-se «Voyaige d'oultremer em Jhérusalem» e narra a viagem do Seigneur de Caumont a Jerusalém; de passagem por Creta, fala da «mervelleuse et orrible best qui fut appelé Minotaur», de quem diz que estava encarcerado dentro de «celle entrigade meson faite par Dedalus, merveilleux maquanit, lequelle meson fut nommée Labarinte et aujourduy par moultz est vulguelmant appellé le cipté de Troie».
Quanto à associação dança/labirinto, não tinha já Teseu e os amigos dançado a dança das gruas em Delos?; e já não dizia Carl Kerényi que «todos os estudos sobre o labirinto deveriam partir do estudo da dança»?
O m. q. Caerdroia.

Troja - O m. q. Jogo de Tróia. Este jogo teria sido introduzido em Itália por Eneias.

Truia - Inscrição que vem no jarro de Tagliatela; o m. q. Tróia.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



U

unicursivo - Que apenas possui um caminho (a saída é a entrada e vice-versa).


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



V

vela - O navio em que seguiu Teseu e os companheiros levava uma vela preta hasteada, em sinal de "luto", que devia ser trocada, caso Teseu saísse vencedor da luta com o Minotauro, por um vela branca que Egeu dera ao filho.

velo - 1. Lã de carneiro.

2. (Velo de Ouro) - Lã do carneiro de ouro, enviado por um deus para salvar Frixo e Hele da sua cruel madrasta Ino. Frixo ter-se-ia salvo, sacrificado o carneiro a Zeus, e teria pendurado o velo dourado num bosque sagrado da Cólquida.
Quem conseguisse levar o Velo de Ouro a Iolco, missão perigosa e quase impossível de realizar, pois o velo era guardado por um temível dragão que nunca dormia (para além de outros perigos), ganhava o reino de Pélias - operação digna de Jasão e dos seus companheiros, os argonautas.
O m. q. tosão.

Veriditas - Organização cuja missão é reintroduzir o labirinto nas suas variadas formas, como instrumento espiritual e construir labirintos em catedrais, centros de retiro, hospitais, prisões, parques, aeroportos e em espaços comuns por todo o mundo, para serem utilizados pela comunidade.

Virgílio (70-19 a. C.) - Épico latino, autor da Eneida.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



W

W3 - O m. q. www e web.

web - O grande dédalo dos tempos modernos.
O m. q. www e W3.

www - World wide web.
O m. q. web e W3.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



X

 


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



Y

 


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z



Z

Zeus - Chefe do Olimpo na mitologia grega. Disfarçado de boi (touro) raptou Europa, tendo saído dessa relação Minos, o rei de Creta. Na Cária havia um culto a Zeus Labrandos.

zodíaco - Num manuscrito de pergaminho datado do séc. XI, associada ao labirinto, encontra-se uma tabela para calcular o movimento da Lua através do zodíaco.


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z